Gravidez Ectópica – Descubra os Primeiros Sintomas e Causas

258

São chamados de gravidez ectópica os casos não tão raros em que o embrião não se instala no lugar certo, tornando impossível o desenvolvimento do feto e podendo resultar em aborto espontâneo.

Esse fenômeno acontece entre 1 a 2% dos casos de gravidez, o que significa que, a cada 100 gestações, uma ou duas são casos de gravidez ectópica. Destes, 95% são referentes à gravidez tubária, ou seja, o embrião se instalou nas tubas.

Mas, como é possível identificar uma gravidez ectópica? Quais são os primeiros sintomas de gravidez? Vamos conhecer tudo sobre a gravidez ectópica nesse artigo.

Gravidez Ectopica

Gravidez Ectópica – Sintomas e Causas

Para reconhecer uma gravidez ectópica, fique atenta primeiramente aos sintomas de gravidez normal, afinal, durante as primeiras semanas ela se apresenta com os mesmos sintomas:

  • Atraso na menstruação;
  • Seios sensíveis e doloridos;
  • Náuseas;
  • Fadiga / cansaço.

Você pode optar também por testes para confirmar se está gestante. Somente a partir da 6ª semana é que começam a surgir os primeiros sintomas típicos da gravidez ectópica. São eles:

  • Dor abdominal ou pélvica, que é intensificada com esforço ou movimentos mais bruscos;
  • Hemorragia vaginal;
  • Dores durante a relação sexual ou durante a realização de algum exame pélvico;
  • Tonturas, desmaios ou episódios de vertigens diretamente relacionados à gravidez ectópica.

E quanto às causas?

Podemos dizer que quando há uma obstrução ou lesão na tuba uterina, o trajeto do óvulo até o útero fica comprometido. Embora não se saiba a causa exata para a doença, esse fato nos leva a constatar que a causa mais coerente é justamente a existência de uma lesão nas tubas.

Se não há passagem do óvulo do ovário até o útero, ele fica retido na tuba uterina e acaba se desenvolvendo lá. Como a tuba não possui estrutura – em nenhum aspecto – para permitir o desenvolvimento do embrião, muitas vezes o próprio corpo se encarrega de abortar o feto.

Mas, se ele ainda assim conseguir se desenvolver, a mulher precisará se submeter a um tratamento para a retirada do embrião, já que o crescimento do feto pode acabar rompendo as tubas (que são muito pequenas) e colocar em risco a vida da mulher.

Gravidez Ectópica e Gravidez Anembrionária

Você sabe a diferença entre gravidez ectópica e gravidez anembrionária? Na primeira, o feto se desenvolve no lugar errado – geralmente na tuba – e por isso, não consegue ser bem-sucedida.

Na segunda, o óvulo fertilizado consegue se implantar no útero, porém, não há desenvolvimento do bebê. Isso gera um saco gestacional vazio, (ausência de embrião).

Também chamado de ovo cego, a gravidez anembrionária também acaba em aborto espontâneo. As causas dessa anomalia também não foram descobertas ao certo, sendo considerada pelos médicos como um “acidente da natureza”.

Embora não seja uma experiência agradável, as mulheres que passam por uma gravidez anembrionária podem perfeitamente ter uma gravidez normal em seguida, sem significar que haja maiores problemas com sua saúde ou fertilidade.

Teste de Gravidez Caseiro Infalível

Não se iluda com a maioria dos testes de gravidez caseiros infalíveis que incluem substâncias que prometem reagir com o hormônio Beta HCG. Ferver urina, utilizar água sanitária ou desinfetante Pinho Sol para reagir com a urina também não.

O teste de gravidez caseiro infalível é o exame de sangue que identifica o Beta HCG e não deve ser substituído por superstições ou métodos que não passam de crença popular.

Para obter o melhor diagnóstico, uma visita a um profissional especializado e a realização de ultrassonografia são as maneiras mais seguras e confirmadas cientificamente de identificar uma gravidez, bem como suas possíveis complicações.

Assim como, para calcular semanas de gravidez, é necessário saber a data da última menstruação, ou mesmo recorrer a um exame de ultrassom. Tão logo você sinta qualquer um dos sintomas de gravidez ectópica, procure um médico obstetra para realizar todos os exames necessários.

Gravidez Ectópica – Descubra os Primeiros Sintomas e Causas
5 (100%) 153 votes